nobilis-head

Continuando a resenha da semana passada, voltamos às características dos personagens de Nobilis. Se você não acompanhou desde o início, aqui estão a Parte 1 e a Parte 2.



Também é possível adquirir Limites, Restrições, Virtudes e uma Filiação.

Os Limites envolvem situações ou circunstâncias em que os poderes de um Nobilis não surtem efeito, podendo ser relacionados a um Atributo, ou a qualquer ação do personagem. O HG define o nível de um Limite e, ao iniciar a história, concede ao Nobilis Pontos Extras de Milagres equivalentes ao valor do Limite, no Atributo apropriado (ou a escolha do jogador, se o Limite for geral).

As Restrições são como Limites menores e só concedem Pontos de Milagre quando se tornam problemas consideráveis para o personagem, não necessariamente no início da história.

Virtudes são traços de personalidade imutáveis (e não tem níveis), os quais são impossíveis de se contrariar ou corromper, mesmo com o uso de poderes. O Nobilis sempre é capaz de manter sua Virtude; sempre pode observar maneiras mais eficientes de executar os termos de sua Virtude; sempre pode evidenciar sua Virtude para todos a sua volta (consumindo 1 Ponto de Milagre); em compensação, o Nobilis não pode agir contra a natureza de sua Virtude.

A Filiação é um código que indica em que direção estão concentrados os esforços do Nobilis, tanto na guerra contra os Excrucians quanto na Criação como um todo. Eles podem optar entre os Anjos, que prezam pela Beleza, Justiça e respeito aos mais poderosos; os Anjos Caídos, que acreditam na corrupção, sofrimento e que o poder justifica tudo; a Luz, que preza pela preservação e proteção da humanidade, inclusive contra a própria humanidade, e que os conflitos devem ser resolvidos de forma limpa; as Trevas, que trabalham para que a humanidade se autodestrua, e que tudo que é desprezado pela humanidade tem grande valor; e, por fim, a Liberdade (“Wild”, no original), que acredita que a liberdade é o que há de maior valor, que a sanidade e o mundano são prisões, e que não deve-se prender a uma obrigação por não atingir as expectativas – ao invés disso, livrar-se da obrigação cumprindo com a sua parte, a altura.

Âncoras
Estes são personagens aliados dos Nobilis que, em geral, vivem em seus Santuários, mas são mortais. Os Nobilis podem assumir o controle de suas Âncoras, possuindo-os e usando seus poderes através deles, tornando-os muito úteis para atuar mesmo em locais onde o Nobilis não está, e permitindo que os jogadores que tenham seus personagens afastados de uma cena participem da mesma, usando suas Âncoras como representantes.

Níveis de Ferimento
Há três Níveis de Ferimento: Superficiais, Sérios e Mortais. Um Nobilis possui (4 + Aspecto) pontos para distribuir igualmente entre os Níveis. Caso não seja possível distribuir igualmente, os pontos restantes são alocados primeiro em Superficiais e depois em Sérios. Por exemplo, um Nobilis com Aspecto 4, distribui 8 pontos nos três Níveis, da seguinte forma: Superficiais 3, Sérios 3, Mortais 2.

Os Nobilis são bastante resistentes a ferimentos, sobretudo aqueles com Dons que influenciam em sua resistência física (são necessárias situações ainda mais extremas para começar a ferir um destes).

Primeiro são marcados os Ferimentos Mortais, em seguida os Sérios e, por fim, os Superficiais, sempre marcados 1 por 1. Isso ocorre pois, para ferir um Nobre, deve-se causar um ferimento que seria mortal para um humano, ou seja, um Ferimento Mortal (por exemplo, cair de uma enorme altura, ou ser atingido por uma lâmina que o decapitaria).

Depois de receber danos equivalentes a todos os pontos de Ferimentos Mortais é que o corpo do Nobilis se fragiliza – neste estado, já é possível feri-lo com danos que causariam Ferimentos Sérios em um humano (como cobri-lo de chamas ou atropelá-lo com um carro).

Quando todos os pontos de Ferimentos Sérios são atingidos, o Nobilis está tão fraco que algo capaz de causar Ferimentos Superficiais em um humano pode atingi-lo (como a mordida de um cão ou um choque elétrico em uma tomada).

Usar uma Palavra de Comando causa um dano igual ao maior Nível de Ferimento disponível. A recuperação deste dano é muito mais lenta que a dos ferimentos normais.

Se todos os pontos de Ferimentos Superficiais forem atingidos, o corpo físico de um Nobre morrerá. Ele pode retornar ao jogo como um novo Nobilis, que ascende do corpo de um mortal. O jogador pode optar por manter os mesmos poderes e mudar sua descrição física, personalidade e Virtudes, mas não os seus poderes e Filiação. Ou ele pode assumir um novo Nobilis, com poderes em Esferas semelhantes, ou com a mesma Esfera em uma interpretação diferente. Isso tudo é possível pois o Imperator substitui o Nobilis por outro que continue a seu serviço.

Características do Imperator e Santuário
O Santuário não faz parte do personagem, mas faz parte do que os jogadores precisam criar para iniciar o jogo. Para construir um Santuário, os jogadores somam os valores de Reino dos seus Nobilis; o total é o número de Pontos de Santuário que poderão ser usados para adicionar as características da moradia de sua Família Celeste (“Familia Caelestis”, no original).

Usando estes Pontos, os jogadores decidem quais serão as características do Santuário, que podem variar desde a facilidade de acesso, objetos de poder existentes no Santuário, poderes mágicos possuídos pelos habitantes, até recursos mágicos e tecnológicos, a capacidade de autodefesa do Santuário e de seus habitantes, entre diversos outros. A lista completa, com os custos de cada característica encontram-se no Capítulo 11, páginas 136 (subtítulo “Chancels”) a 143. Nesta última existe uma pequena seção com um exemplo de criação de um Santuário.

A partir da página 144 (subtítulo “Imperators”) a 152, estão as características que podem ser adquiridas pelos jogadores para seu Imperator. Porém, diferente do Santuário, a pontuação para adquirir estas características inicia em 0, ou seja, é necessário balancear pontos positivos e negativos.

Para um jogo básico de Nobilis, não é necessário usar Santuários ou Imperators definidos em pontos. Sabendo do que se trata, o HG pode conduzir as ações que envolvam estas entidades apenas interpretativamente. Quando o grupo estiver familiarizado com os Milagres e pronto para mecânicas adicionais, basta consultá-las no livro.



A construção dos personagens agora está completa. No próximo post apresentaremos a mecânica que move o sistema de Nobilis, assim como uma prévia da evolução dos personagens, o que já irá permitir que você jogue uma versão simplificada deste jogo. Se o manjar dos deuses agrade o seu paladar, também traremos informações a respeito da obra original, incluindo como obtê-la para jogar com todos os detalhes que o jogo oferece. Até a próxima!

Leave a Reply