O Refinado, mas Apimentado, PDQ Sharp!

PDQ-Large

Se você acompanha o Game Gourmet desde a primeira resenha, já sabe do que se trata este post: a apresentação de mais uma magnífica obra do RPG mundial, o PDQ Sharp (ou PDQ#) — um prato bom demais para ficar de fora do cardápio nacional. Embora a obra original esteja em inglês, falaremos dele com a licença de traduzir os termos não oficialmente, para que o leitor brasileiro possa não só entender como também experimentar!

O nome “PDQ#” pode ser meio estranho, mas a sigla se refere ao “Prose Descriptive Qualities System”, algo como Sistema de Qualidades Descritas em Prosa, devido a forma como os termos do sistema são usados, com o objetivo de caracterizar mais os elementos a que se referem. O símbolo # lê-se “Sharp”, ou Afiado, também usado para reforçar o gostinho do tipo de cenário que envolve este jogo.


ENTRADA: O SABOR DE PDQ#!

Embora o PDQ# seja mais um sistema do que um jogo completo, suas regras, a nomenclatura das características dos personagens, eventos e mecânicas para resoluções de ações e conflitos, foram todos otimizados para um gênero conhecido no Brasil como Capa-e-Espada, ou “Swashbuckling”, no original.

O gênero trata de personagens excepcionais, exímios em sua arte de combater com espadas, em sua presença social, sua aparência e, sobretudo, seu estilo. São personagens capazes de feitos improváveis, envolvidos em histórias dramáticas de intriga, romance, honra, vingança e confrontos de espadachins. Não há um guia com toda a descrição para um cenário de Capa-e-Espada, mas os jogadores são estimulados a criar personagens cativantes (cada um a seu modo), capazes de mover enredos fantásticos e ricos no abuso das perícias físicas, mentais e sociais de cada um. Nestes cenários é possível realizar feitos que em outros mundos somente a magia seria capaz de permitir.

A empresa responsável pela publicação do PDQ#, a Atomic Sock Monkey, possui um livro chamado “Swashbucklers of the 7 Skies” (S7S), que usa a mesma mecânica do PDQ#, com regras mais detalhadas, além de um cenário vasto e bem descrito, também dentro do gênero Capa-e-Espada. Podemos considerar PDQ# como uma versão resumida do S7S. No entanto, apesar do tamanho do material, a diversão é garantida.


Para melhores referências do gênero, veja:
Swashbuckler – link para a wikipedia em português, que descreve os personagens deste gênero.
ou
Swashbuckler – a página em inglês, com conteúdo mais aprofundado, histórico referente ao termo Swashbuckler, e mais exemplos de obras do gênero no cinema e televisão.

Na próxima semana iremos falar sobre os personagens de PDQ#, incluindo as suas estatísticas de jogo e como criá-los. Não deixe de conferir!