divoff-large

A segunda edição do evento Diversão Offline foi realizada no último domingo 21, no Centro de Convenções Sulamérica, no Rio de Janeiro; que apesar de coincidir com o encerramento das Olimpíadas Rio 2016 e uma mudança climática que proporcionou ventos fortes de mais de 120 km/h que causaram vários estragos e a falta de luz em diversas localidades no Rio de Janeiro o evento conseguiu manter sua média de público.

Nessa segunda edição do evento Diversão Offline foram utilizados dois pavimentos do Centro de Convenções Sulamérica, na qual, o primeiro pavimento concentrou-se a maioria dos stands das editoras e mesas de RPG, no segundo pavimento, grande parte do local ficou destinado para realização das palestras, campeonatos de cardgames e uma gigantesca área para boardgames.

Os boardgames ganharam muito destaque nessa edição do Diversão Offline, o evento disponibilizou uma área; Sala de Protótipos, para a realização dos playtestes de boardgames e cardgames em desenvolvimento.
Diversas palestras foram realizadas, mas a grande atenção estava voltada para o convidado internacional John Wick; um game designer renomado, autor de títulos reconhecidos e premiados como Blood Honor, Shotgun Diaries (ambos publicados no Brasil pela Redbox Editora), Legend of the Five Rings (publicado no Brasil pela Editora New Order), 7th Sea e muitos outros. Saliento que durante o evento a Editora New Order confirmou que irá publicar a nova edição do 7th Sea no Brasil.

É possível constatar que o evento Diversão Offline tornou-se uma vitrine para editoras apresentarem seus jogos ao público carioca e por consequência ao mercado brasileiro em geral, um evento que devido às diversidades não conseguiu um maior expoente de público, mas os que estiveram presentes foram um termômetro interessante para os produtores de conteúdo. É fato que a fatia no mercado de boardgame e cardgame vem aumentando a cada dia e o seu público em sua grande maioria não conhece o RPG, dessa forma, as Editoras tem que incluir em seu planejamento produtos que possam ser direcionados a esse público em potencial.

Não é a toa que editoras como a New Order, Redbox, Retropunk, dentre outras tem investido em boardgames e cardgames; durante o evento foram anunciados diversos lançamentos de RPG, Boargames e Cardgames. Na Sala de Protótipo foram apresentados dezesseis boargames e cardgames (Mansão dos Jogos: Utopia City; Mine, Mine, Mine!; Wu-Xing e Ovo do Camaleão | Fiero Jogos: Anjos & Dragões | Jamaf Games: Runners e Cube Wars | LAFZ: Deck Adventures e The Bright’s Fall | Sanderson G.V: Engage – Senhores da Guerra; SOS Animais; Era dos Piratas; Vectorz e La Muerte | 5DMagic: Wonders Cards | Pingado Jogos: Streets of Fight).

Playtest Arena Bushin

Com essa visão de mercado a Grifo Editorial apresentou no evento o Arena Bushin, o primeiro jogo de luta com miniaturas em cenários 3D e turnos simultâneos no mundo, que pode ser utilizado como um jogo independente (stand alone) ou em conjunto com o RPG “Bushin – O Deus da Luta”, todos suportados pelas mecânicas do GeneSys Fast Play.

Durante o evento foi realizado o terceiro playtest público do Arena Bushin apresentando os cenários 3D que estavam disponíveis a venda, dentro os quais destaco a Estação Petroleira… cenário fantástico onde os personagens podem interagir com TODOS os elementos do ambiente durante o jogo.

foto

O Arena Bushin é um jogo de estratégia em tempo real que emula um fighting game (jogos de luta), igualmente a um jogo de luta digital os personagens possuem acesso a uma lista de golpes e manobras especiais, durante o combate podem se locomover pelo cenário, interagir com os elementos do cenário 3D e tomar decisões rápidas pois cada jogador tem um tempo, marcado em uma ampulheta de 15 segundos; para realizar seu movimento no cenário 3D e definir a sua manobra. É um jogo frenético, mas não caótico, fácil de aprender mas difícil de dominar, que emula com uma veracidade incrível os jogos de lutas.

Os jogadores podem utilizar o Arena Bushin como jogo totalmente independente, pois os personagens e os cenários foram elaborados em kits para a sua comercialização, mas agora para os que quiserem enriquecer a sua experiência de jogo aumentando as possibilidades é possível utilizar em conjunto com o RPG “Bushin – O Deus da Luta”.

“Bushin – O Deus da Luta” é o primeiro cenário de RPG oficial da Grifo Editorial, que utilizará a mecânica do GeneSys Fast Play, um sistema de RPG universal, de fácil assimilação que através de um conjunto de regras flexível, permite explorar os elementos do jogo em diferentes níveis de profundidade: mais simples ou mais detalhado, realista ou fantástico, focando a estratégia, imersão ou narrativa em diferentes graus. Confira a diversidade de conteúdos para GeneSys RPG aqui e no Blog Filhos da Gehenna.

Sem sombra de dúvida o Arena Bushin é um jogo que expande a experiência de entretenimento dos jogadores ao possibilitar essa flexibilidade, proporcionando uma enorme rejogabilidade e interação com o RPG.
Ficou interessado em participar do próximo playtest público do Arena Bushin, então venha ao stand da Grifo Editorial no World RPGFest 2016, a ser realizado nos dias 17 e 18 de Setembro em Curitiba-PR.

Para aumentar ainda mais a sua curiosidade assistam ao vídeo muito legal criado pelo Canal Quimera:

O Leandro Pugliesi do RPG Notícias também realizou a cobertura completa do Diversão Offline 2016. Aparecemos nos 4 minutos!

Também há diversas fotos do stand da Grifo Editorial no vídeo da cobertura do Dungeon 90.

Baixe o Fast Play de GeneSys RPG no site da Grifo Editorial e participe do Grupo no Facebook, pois sempre há novidade e aventuras prontas para narradores que desejam conhecer o sistema.

Leave a Reply